Telefone

(19) 3808-2661
(19) 3808-6022
(19) 9.9811.2661

portalamparo@gmail.com

Encontre
seu  Imóvel

  • Qual Tipo de Negócio ?
  • Venda
  • Locação
  • Selecione uma cidade
  • AMPARO
  • MONTE ALEGRE DO SUL
  • SERRA NEGRA
  • TUIUTI
  • Qual o Tipo de Imóvel ?
  • Apartamento/Flat
  • Barracão/Galpão/Armazém
  • Casa
  • Chácara
  • Escritório/Salão/Sala Comercial
  • Fazenda/Haras/Sítio
  • Kitnet
  • Loja/Ponto Comercial
  • Prédio Inteiro
  • Terreno
  • Quartos
  • Indiferente
  • 0 a 2
  • 2 a 3
  • 3 a 4
  • 4 a 5
  • 5 ou mais


IMÓVEIS EM  DESTAQUE

Casa Geminada

2 Quarto(s) | 1 Suíte(s)
JARDIM EUROPA
AMPARO-SP
Cód: 660

$350,000.00

Casa Geminada

3 Quarto(s) | 1 Suíte(s)
JARDIM SILMARA
AMPARO-SP
Cód: 661

$310,000.00

Casa

3 Quarto(s) | 1 Suíte(s)
PARQUE RODRIGUES
AMPARO-SP
Cód: 356

$880,000.00

Casa Geminada

2 Quarto(s) | 1 Suíte(s)
JARDIM SILVESTRE II
AMPARO-SP
Cód: 659

Locação:$950.00

Casa

3 Quarto(s) | 1 Suíte(s)
CENTRO
AMPARO-SP
Cód: 658

Locação:$3,300.00

Chácara

2 Quarto(s)
TRES PONTES
AMPARO-SP
Cód: 657

$400,000.00

Chácara


CENTRO
SERRA NEGRA-SP
Cód: 656

$650,000.00

Barracão


RIBEIRAO
AMPARO-SP
Cód: 655

Locação:$1,500.00

Casa Geminada

2 Quarto(s)
PARQUE MODELO
AMPARO-SP
Cód: 654

$310,000.00

Terreno


SAO JUDAS
AMPARO-SP
Cód: 653

Terreno


JARDIM AMERICA
AMPARO-SP
Cód: 652

$210,000.00

Casa Geminada


JARDIM SILMARA
AMPARO-SP
Cód: 651

$310,000.00

ÚLTIMOS CADASTRADOS

$310,000.00

Casa Geminada
3 Quarto(s)
| 1 Suíte(s)
JARDIM SILMARA
AMPARO-SP

$350,000.00

Casa Geminada
2 Quarto(s)
| 1 Suíte(s)
JARDIM EUROPA
AMPARO-SP


Locação:$950.00

Casa Geminada
2 Quarto(s)
| 1 Suíte(s)
JARDIM SILVESTRE II
AMPARO-SP


Locação:$3,300.00

Casa
3 Quarto(s)
| 1 Suíte(s)
CENTRO
AMPARO-SP

$400,000.00

Chácara
2 Quarto(s)
TRES PONTES
AMPARO-SP

$650,000.00

Chácara
CENTRO
SERRA NEGRA-SP

NOTÍCIAS

PGR anuncia acordo, e Argentina poderá usar informações fornecidas por delatores da Odebrecht
Ministério Público informou que muitos processos relativos à empreiteira tramitam na Justiça do país vizinho. Segundo PGR, com acordo, ex-executivos podem ser denunciados na Argentina. A Procuradoria Geral da República (PGR) anunciou um acordo com o Ministério Público da Argentina para que os tribunais do país vizinho possam utilizar as informações fornecidas por delatores da Odebrecht. Especial G1: As delações da Odebrecht De acordo com a PGR, embora tenha sido anunciado nesta segunda-feira (16), o acordo foi fechado na última sexta (13). As negociações foram coordenadas pela Secretaria de Cooperação Internacional (SCI) do Ministério Público Federal. Ainda segundo a Procuradoria, diversos processos relativos à Odebrecht tramitam na Argentina e, com as informações e provas fornecidas pelo Brasil, será possível o Ministério Público do país oferecer denúncia contra ex-funcionários da empreiteira envolvidos em irregularidades. "Depois de um trabalho longo de negociação e diálogo entre a SCI e autoridades argentinas, conseguimos chegar a um acordo para que as delações envolvendo corrupção na Argentina possam ser disponibilizadas aos procuradores de lá", afirmou em nota a procuradora Cristina Romanó, uma das integrantes das negociações. "Trata-se de um enorme avanço na relação de cooperação jurídica internacional entre os dois países e mais um grande passo na luta contra a corrupção", completou. O acordo Os termos do acordo entre Brasil e Argentina são sigilosos e, por isso, a íntegra não foi divulgada pela PGR. Mas a procuradora Cristina Romanó afirma que o acordo "protege" os delatores e o conteúdo dos acordos fechados por eles o Ministério Público brasileiro. De acordo com a Secretaria de Cooperação Internacional, esse mesmo tipo de termo de compromisso já foi firmado com Suíça, Noruega e Holanda. O único país que ainda não aceitou o compartilhamento das delações do Brasil foi Portugal, segundo a PGR. Odebrecht vai pagar R$ 2,7 bi em acordo de leniência com o governo Devolução de R$ 2,7 bi No último dia 9, o governo federal assinou um acordo de leniência com a Odebrecht e, de acordo com a Advocacia Geral da União (AGU), a empresa terá de devolver aos cofres públicos R$ 2,7 bilhões, em até 22 anos. Nesse tipo de acordo, a empresa reconhece os danos causados à administração federal por meio de práticas de corrupção e se compromete a reparar os danos causados, além de colaborar com as investigações. Em troca, a empresa obtém autorização do governo para fechar novos contratos com a administração pública. A área técnica do Tribunal de Contas da União (TCU) chegou a pedir a suspensão do acordo por não ter tido acesso aos termos, mas os ministros da Corte rejeitaram o pedido, mantendo a validade do acordo de leniência da Odebrecht. Presidente do STF, Cármen Lúcia, homologa delações da Odebrecht Delações de executivos No ano passado, a presidente do Supremo Tribunal Federal, Cármen Lúcia, homologou as delações de 77 executivos e ex-executivos da Odebrecht no âmbito da Operação Lava Jato (relembre no vídeo acima). Com base nos depoimentos dos delatores, o relator da Lava Jato, Edson Fachin, autorizou à época a abertura de 76 inquéritos para investigar políticos citados.
Preço do diesel tem leve alta após 5 semanas de queda, diz ANP

Preço nas refinarias permanece congelado, conforme acordo durante a greve dos caminhoneiros; já o valor médio da gasolina nas bombas caiu pela sexta semana seguida. O preço médio do diesel nas bombas subiu na semana passada após 5 quedas consecutivas, segundo levantamento divulgado nesta segunda-feira (16) pela Agência Nacional do Petróleo, do Gás Natural e dos Biocombustíveis (ANP). Já o valor médio da gasolina para o consumidor final teve uma leve queda, marcando o sexto recuo seguido. Segundo a ANP, o preço do diesel subiu 0,12% na semana passada, de R$ 3,384 para R$ 3,388 por litro, em média. Já o custo da gasolina nas bombas passou de R$ 4,495 para R$ 4,494, uma queda de 0,02%. No mesmo período, a Petrobras subiu o preço nas refinarias em R$ 0,01, ou cerca de 0,3%, seguindo sua política de reajuste de preços com o objetivo de acompanhar as cotações internacionais. De acordo com a empresa, as decisões de subir ou baixar os preços nas refinarias dependem de fatores como o câmbio e o preço do barril de petróleo. O repasse ou não para o consumidor final depende dos postos. Já o valor do diesel permanece congelado nas refinarias, conforme acordo feito para encerrar a greve dos caminhoneiros. Entenda a composição do preço da gasolina e o que diz a Petrobras Veja a situação das medidas de acordo com caminhoneiros para acabar com paralisação No ano, o preço médio da gasolina calculado pela ANP já acumula alta de 9,6% - uma variação bem maior que a inflação esperada para o ano, de 4,15%. Já o diesel tem alta acumulada de 1,86%. A ANP divulga semanalmente o preço médio por litro do diesel nos postos, com dados coletados em 459 municípios pesquisados. Os valores representam uma média calculada pela ANP. Os preços, portanto, variam de acordo com a região pesquisada. Etanol e gás de cozinha Na semana passada, o preço do etanol caiu 0,88%, para R$ 2,808, em média. Foi a quinta semana seguida de queda. Em 2018, o preço médio do etanol já caiu 3,57%. Da mesma maneira como ocorre com a gasolina e o diesel, o valor representa uma média calculada pela ANP com os dados coletados nos postos, e, portanto, os preços podem variar de acordo com a região. Já o preço do botijão de gás de cozinha subiu 0,34% na semana passada, para a média de R$ 68,690. No ano, há alta acumulada de 1,9%. Posto combustíveis gasolina Uberaba Neto Talmeli/Prefeitura de Uberaba

Anima compra centro de educação superior em Goiás por R$ 31,25 milhões
Cesuc possui cerca de 2,5 mil alunos matriculados e teve receita líquida de R$ 22,8 milhões no ano passado. A Anima Educação assinou nesta segunda-feira (16) um acordo para aquisição de 100% do Centro de Ensino Superior de Catalão (Cesuc) por R$ 31,25 milhões, informou a companhia em fato relevante. O pagamento será feito em parcelas, sendo uma entrada de R$ 10 milhões na data do fechamento da operação, prevista para 1º de agosto. Os demais R$ 21,25 milhões serão pagos em cinco prestações anuais, corrigidas pela inflação, além de contrato de locação de longo prazo dos imóveis. Como parte do acordo, a Anima ainda pagará até R$ 1,25 milhão entre 2019 e 2012, conforme cumprimento de metas para o resultado operacional. Fundado em 1982, o Cesuc atua no interior de Goiás, tendo cerca de 2,5 mil alunos matriculados distribuídos em nove cursos de graduação presencial. Em 2017, a Cesuc teve receita líquida de R$ 22,8 milhões e lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado de R$ 5,5 milhões, segundo a Anima.

CRECI 28.777-J

Avenida Bernardino de Campos, 18
AMPARO / SP
CEP 13.900-400
Tel. +55 (19) 3808-2661
portalamparo@gmail.com

Desenvolvido por
Sites para Imobiliaria